O aborto, o fim 6.2

 Um tempo depois com pouca interação com a administradora da página vi uma postagem na mesma que me fez sentir uma dor insuportável.

Uma postagem que fazia referência a legalização do aborto e ela havia deixado escrito no artigo anexo "Meu corpo, minhas regras".

Aquilo chegou a mim como uma facada no coração, como ela lutando a favor da vida na página que criei para lutar pela vida, que fiz por amor a Deus e ao próximo estaria agora lutando a favor da morte de seres humanos inocentes?

Logo em seguida a postagem passei mensagem para ela pedido que pelo amor de Deus não fizesse tal mal, não defendesse a morte de vidas inocentes, não colocasse isso na página e ela automaticamente me respondeu que a página agora era dela e que ela defenderia o que quisesse.

Fiquei sem reação, supliquei, pedi para que não fizesse pois lá atrás já havíamos combinado que este assunto não seria tratado na página e ela "gentilmente" me lembrou que ela sempre foi a favor do aborto e que nunca escondeu isso de mim.

Neste momento vi que a minha decisão de ter deixado a página com ela não tinha sido a melhor, errei e agora eu teria que resolver isso.

Como Deus veria tudo isso? Ele com certeza não me perdoaria em ter deixado a página com uma pessoa que era a favor do aborto e eu inocente pensei que ela nunca lutaria por isso na página, que lutaria pela vida humana, mas eu estava enganada, eu havia errado.

Falei com a minha amiga Con e com outras vítimas que mantive contato e elas disseram para que eu solicitasse a página de volta e fiz isso, supliquei por isso, disse que se fosse para defender o aborto era melhor que a página não existisse mais.

Ela disse que não devolveria nada, a página era dela e ela faria o que bem entendesse...Pedi para ela para que não fizesse isso, para que não tirasse o orgulho que eu tinha da página, mas foi em vão...a partir daquele momento eu tinha vergonha de ter feito aquela escolha, de ter deixado a página nas mãos de alguém que é favorável ao aborto...

Fiquei desesperada, sem saber o que fazer para corrigir o meu erro e pedia a Deus para que me ajudasse, fiquei dias me sentindo culpada e enviei mensagem para a administradora pedindo então para que ela mudasse o nome da página, fizesse em nome dela pois eu não queria fazer parte disso, não queria sujar as minhas mãos, não queria desagradar a Deus e a resposta foi a que eu já esperava, ela não mudaria nada...

Tentei de várias formas reverter o que eu havia feito há meses atrás, de ter deixado a página com ela, mas não tive sucesso, o que ficou foi uma enorme dor e sensação de culpa e o que pude fazer foi entregar a Deus e pedir perdão pelo que eu havia feito.

Escrevi na minha página pessoal o que havia acontecido, falei para os meus amigos que descurtissem a página pois a mesma estava lutando pelo aborto e que a página não era mais a favor da vida.

Muitos amigos fizeram isso, assim como eu fiz, outros quiseram ficar para rebater as postagens que talvez chegariam a favor dessa desgraça e uma dessas pessoas que ficaria para lutar era um padre da Defesa da Vida de Goiás e que dias depois foi bloqueado pela administradora da página após defender a vida dos inocentes.

Como tínhamos contato e já havíamos conversado a respeito da página, ele me informou o que havia acontecido e eu me sentindo culpada pedi perdão a ele, mas eu nãos sabia o que fazer para resolver isso...Ele me disse que eu havia feito a minha parte e Deus sabia disso.

A minha culpa estava gigante e queria me engolir por meio da tristeza e arrependimento que sentia, me vi no mesmo sofá onde tudo começou e agora onde tudo havia terminado.

Após tudo isso, desfiz também a amizade que tinha com a administradora na rede social com um bloqueio para não mais ter contato pois ali tudo havia chegado ao fim, o fim de uma luta a favor da vida humana, o fim de uma amizade, o fim para um novo começo que eu ainda desconhecia.

Simone Vasconcelos Fator


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Anticoncepcional pode matar. A Igreja católica sempre teve e tem razão! 1

Totus Tuus 6.5