Totus Tuus 6.5

Anos se passaram  e demorei um tempo para conseguir começar o que Deus havia me pedido.

Acompanhei a página mesmo não estando mais nela, via as postagens e muitas me incomodavam, demorei para aceitar que eu não tinha mais nada em minhas mãos que pudesse mudar as coisas que não estavam boas.

Durante este período pedia a Deus que aumentasse a minha fé e fizesse de mim uma boa filha.

Aos poucos fui notando o agir de Deus nos acontecimentos e em matérias que saia a respeito da mudança que estava acontecendo na sociedade a respeito dos anticoncepcionais. Muitas mulheres deixando de usar e buscando por métodos naturais. Vi matérias onde o método de ovulação Billings foi divulgado e eu sinceramente fiquei feliz por isso...era um começo, pequeno, mas um começo para que as mulheres um dia se voltassem ao caminho de Deus e seguissem os planos d'Ele pois são perfeitos.

Com o tempo Deus foi me mostrando Nossa Senhora, uma pessoa na Igreja sentou um dia ao meu lado e falou dela para mim e disse para me consagrar a Nossa Senhora e consagrar os meus filhos também a Ela.

Comecei a ter uma profunda curiosidade para saber mais sobre Nossa Senhora, não que eu não a respeitasse, para mim sempre foi a Mãe de Deus, mas eu via que eu não tinha a devoção que muitos católicos têm por Ela, como a minha avó materna tinha.

Comecei a ler sobre Ela, a assistir vídeos sobre Ela e um deles foi um vídeo do Padre Paulo Ricardo sobre a Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem.

Eu queria ler aquele livro, anotei o nome do livro e guardei dentro da minha Bíblia. Queria comprar uma imagem dela para ter comigo, mas Ela veio até a minha casa e ali eu vi que Deus estava me mostrando o caminho para chegar até Ela e ao mesmo tempo estar ainda mais próximo d'Ele. A avó do meu marido faleceu em 2016 aos 99 anos e dias depois a minha sogra veio até a minha casa para levarmos algumas roupas dela para doação em um asilo próximo e que já havíamos visitado. Quando ela saiu do carro disse que havia trazido duas coisas pra ver se queria ficar, já que os filhos não quiseram. Quando ela me mostrou fiquei encantada, era uma imagem de Nossa Senhora Aparecida que pertencia a avó do meu marido e uma imagem da Santa Ceia. É claro que eu quis ficar, mas sabia que Deus e Nossa Senhora estavam por trás disso tudo, ali comecei a amá-la e ainda não sabia.

Algum tempo se passou até que no grupo da Defesa da Vida da minha cidade colocou um convite para participar do Estudo do Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem pelo método de São Luis Maria Grignion de Montfort com a ajuda das Irmãs da Arca de Maria.

Era o nome do livro que eu tinha anotado e guardado na minha Bíblia! Percebi que era a minha chance de aprender a amar Nossa Senhora e ainda mais Nosso Senhor Jesus Cristo, então me inscrevi.

No dia 12 de outubro de 2016, dia de Nossa Senhora Aparecida me consagrei a Jesus por meio de Maria Santíssima e a partir deste dia, tudo o que eu sou, tenho, fiz ou farei não é mais meu, mas sim dela para que ela entregue tudo a Deus por suas mãos.

A cada dia eu quero aprender a amar mais a Deus e Nossa Senhora e ser uma boa filha, rezo para que eu e minha família consigamos dia a dia crescer na fé para que juntos possamos servir ao Senhor e buscar a santidade e para que todas as pessoas possam assim como eu encontrar este caminho tão lindo e tão santo, o caminho de Virgem Maria, a mãe de Deus e nossa mãe na fé que nos conduz e que é a nossa porta para o céu, para um dia estarmos juntos com Nosso Senhor, Nosso Pai, nosso Amor!

Mesmo com a minha miséria este é o caminho que eu quero seguir!

"Eis-me aqui, Senhor!"

Simone Vasconcelos Fator





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Anticoncepcional pode matar. A Igreja católica sempre teve e tem razão! 1

O aborto, o fim 6.2